sexta-feira, 28 de abril de 2017

4 Maio de 2017

Quinta-feira - Sessão #1355
21h45 Cine-Teatro Garrett

T2: Trainspotting (2017) de Danny Boyle

T2: Trainspotting (2017)
de Danny Boyle
com Kelly MacdonaldEwan McGregorRobert CarlyleJonny Lee MillerEwen Bremner
117 min, GB
M/16, Drama
crítica: Sight and SoundNYTimesSlantPúblico [JM]DN

T2: Trainspotting (2017) de Danny Boyle

sinopse:
Depois de 20 anos de ausência, Mark Renton regressa a Edimburgo (Escócia), a cidade onde passou a infância e juventude. Livre das drogas, hoje é um homem novo, com um emprego estável em Amsterdão (Holanda) e um futuro promissor. Os amigos com quem cresceu, pelo contrário, não tiveram a mesma sorte: Sick Boy tenta manter um negócio ao mesmo tempo que se dedica ao tráfico de canábis; Begbie cumpre 25 anos de prisão; e Spud, com a vida totalmente destruída, continua dependente da heroína. Agora, as suas existências seguem uma premissa bastante diferente de outrora: "Escolhe a vida. Escolhe o Facebook, o Twitter, o Instagram e fica à espera que alguém num sítio qualquer se importe. Escolhe ir à procura de paixões antigas e desejar que tivesses feito tudo de maneira diferente. E escolhe ver a história a repetir-se. Escolhe um iPhone feito na China por uma operária que saltou do telhado. Escolhe um contrato de zero horas e duas horas de viagem para o trabalho. E escolhe o mesmo para os teus filhos, só que pior, e apaga a dor com uma dose desconhecida de uma droga desconhecida improvisada numa cozinha qualquer. Escolhe a desilusão."

Em 1996, Danny Boyle realizou "Trainspotting", um filme baseado na aclamada primeira obra de Irvine Welsh que, apesar da controvérsia, se transformou numa obra cinematográfica de culto. À época, a banda sonora – com Lou Reed, David Bowie, Brian Eno, Iggy Pop, Blur, Primal Scream e muitos outros – teve quase tanto êxito como o filme. Agora, o realizador regressa com a segunda parte da história. Ewan McGregor, Ewen Bremner, Jonny Lee Miller, Robert Carlyle e Kelly Macdonald voltam a dar vida aos seus personagens. [ PÚBLICO ]



Sem comentários: